8 de agosto de 2013

89 - Posso namorar ele?

PAPO DE ADOLESCENTE!!!

5 comentários:

  1. Dona Méuri também estou a 2 anos na igreja e tenho buscado pra ter um encontro com o Senhor Jesus tenho passado por lutas aqui em casa tenho 15 anos e aconselho esta jovem a não namorar tenha um relacionamento com Deus e invista na sua vida espiritual, já tivemos tantos exemplos de membros obreiros e entre outras pessoas que namoraram pessoas no tempo errado e que não eram de Deus e que abandonaram a Deus eu já tive propostas nesse tempo de igreja para ficar com garotos e nem por isso fiquei pois sei muito bem que devo me guarda a pessoa certa um homem de Deus e isso não sera agora, esse é meu conselho a todas as garotas na verdade principalmente se você não nasceu de Deus, um grande abraço

    ResponderExcluir
  2. olá sou obreira tenho 18 anos hj, fui levantada a obreira aos 15 anos a decorrer desse tempo passei por varias dificuldades na escola com relacao a namoro mas como sempre colquei DEUS EM PRIMEIRO lugar nunca caí na cilada do diabo .buscai primeiro o reino de Deus e sua justica e as demais coisas serao acrescentadas ,minha querida amiga aconselho-te a buscar primeiro um encontro com DEUS e na hora certa ele fara com que encontre a pessoa pra vc .Aliás vc é nova e tem muito que aprender e conquistar Deus tem algo maior pra ti. bjinhos

    ResponderExcluir
  3. http://www.obreirosemfoco.com/2013/04/55-avancar-o-sinal-antes-do-casamento.html olhe este video aqui da dona méuri mesmo diz tudo oque você precisa saber

    ResponderExcluir
  4. A dúvida já é um grande indício de que algo de errado ela vê nisso.Está aí algo que atinge tanto adolescentes como adultos na igreja, tudo que tenho a dizer é que fui criada na igreja Universal, hoje sou uma obreira,mas não nasci uma, fui criança adolescente e hoje sou uma jovem de 25 anos. Fui pedida em namoro por rapazes que não eram da igreja também, "cheios de boa intenção" afinal neste mundo de hoje onde só "ficam", quem deseja namorar é considerado um bom partido,mas não eram o que o meu Deus queria me dar, e eu apesar da dor de alguns NÃOS, e das cobranças de uma sociedade onde uma moça ser só é sinônimo de encalhada, hoje sou noiva de um homem de Deus, obreiro,com quem eu posso partilhar tudo,principalmente a FÉ PRÁTICA no mesmo Deus e em breve uma vida a dois.Deus nunca a decepcionará, basta confiar.
    Aline Barbosa

    ResponderExcluir
  5. Obrigada Aline. Seu comentário irá abrir a mente de muitas adolescentes que ainda acreditam que podem viver nos dois mundos.

    ResponderExcluir

ShareThis