22 de julho de 2013

QUEM HÁ DE PERMANECER?

Quem subirá ao monte do SENHOR? Quem há de permanecer no Seu santo lugar? O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente. Este obterá do SENHOR a bênção e a justiça do Deus da sua salvação. Salmos 24.3-5

É muito comum vermos pessoas que subiram ao monte do Senhor (Altar) numa Fogueira Santa, sacrificaram e depois acabaram perdendo a bênção, por quê?
Sabemos que mais difícil do que conquistar um sucesso é permanecer no sucesso; mais difícil do que conquistar um campeonato brasileiro, por exemplo, é permanecer conquistando nos anos seguintes; mais difícil do que casar-se é permanecer casado por toda a vida com o mesmo cônjuge até que a morte os separe.
Assim é com Deus. Mais difícil do que subir no monte do Senhor (Altar), para colocar sua vida como sacrifício, é permanecer em Seu santo lugar, é morar no Altar, é dormir e acordar no Altar, é construir seu casamento, sua família, seu patrimônio no Altar, é ter seus desejos e sentimentos controlados e submetidos ao Senhor do Altar. Isso só é possível permanecendo no sacrifício de manter-se "limpo de mãos e puro de coração", resistindo a não entregar sua alma à falsidade e, muito menos, jurar dolosamente - que significa enganosamente. Aliás, não foi esse o tema principal da campanha de Jacó? Afinal, lembrem-se que todo sofrimento dele se deu porque foi falso com seu pai.
Obreiros, evangelistas, jovens, membros e todos nós - independentemente do que fizemos como sacrifício no Altar do Senhor: temos que permanecer em Seu monte, renovando de Fogueira em Fogueira, de fé em fé, a nossa aliança até o fim da vida neste mundo. Lembrem-se: tudo o que o diabo quer é que quem não subiu ao monte do Senhor (Altar) jamais suba, e quem já subiu não permaneça, pois ele sabe o que significa um ser humano com a vida no monte do Senhor, porque ele morou lá e era perfeito em seus caminhos - assim como alguém, quando mora no monte do Senhor, sua vida se torna perfeita e intocável pela fé.
"Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado até que se achou iniquidade em ti." Ezequiel 28.14-15
Só assim, meus amigos, venceremos, como diz o salmista Davi:
"Este obterá do SENHOR a bênção e a justiça do Deus da sua salvação." Salmos 24.5
Deus os abençoe.

Um comentário:

  1. Daniele Damas - vila são pedro22 de julho de 2013 17:30

    muito forte temos que nos manter no altar de Deus, pois lá temos de tudo e estamo seguro.

    ResponderExcluir

ShareThis