7 de junho de 2013

O VINHO E A ÁGUA

Nos Alpes Italianos existia um pequeno vilarejo que se dedicava ao cultivo de uvas para produção de vinho. Uma vez por ano, acontecia uma grande festa para comemorar o sucesso da colheita.

A tradição exigia que nessa festa cada morador do vilarejo trouxesse uma garrafa do seu melhor vinho para colocar dentro de um grande barril, que ficava na praça central.

Um dos moradores pensou: “Por que deverei levar uma garrafa do meu mais puro vinho? Levarei água, pois no meio de tanto vinho, o meu não fará falta.” 

Assim pensou e assim fez.

Conforme o costume, em determinado momento, todos se reuniram na praça, cada um com sua caneca, para provar aquele vinho, cuja fama se estendia muito além das fronteiras do país.

Contudo, ao abrir a torneira, um absoluto silêncio tomou conta da multidão. Do barril saiu… Água! “A ausência da minha parte não fará falta.” Foi o pensamento de cada um dos produtores.
Muitas vezes, somos conduzidos a pensar: “Tantas pessoas existem neste mundo! Se eu não fizer a minha parte, isto não terá importância.” Será?
Blog Bispo Macedo

17 comentários:

  1. Muito forte isso... Levando para a nossa vida espiritual e o nosso ministerio como obreiros nunca podemos pensar assim, devemos ter o espirito de diferença, cada um tem que fazer a sua parte, mesmo que os outros não a façam pois o intuito é o de agradar a Deus, pois a Ele não enganamos...

    ResponderExcluir
  2. Muitas pessoas são egoístas e pensam apenas em si, gostam de ficar apontando o dedo para os outros e julgando mas não analisam suas próprias atitudes. Nos obreiros somos um corpo, e como um corpo pode funcionar perfeitamente se um de seus membros tiver este pensamento “Tantas pessoas existem nesta obra! Se eu não fizer isto ou aquilo, ninguém vai notar não terá importância.” cada um deve dar o seu melhor e fazer a sua parte pois quem está vendo e quem vai notar é Deus!!!

    ResponderExcluir
  3. Muito forte mesmo Bispo, as vezes chegamos a cogitar até mesmo de não evangelizar com o pensamento de que vai ter bastante gente e que nossa presença não fará falta, mas nunca podemos esquecer que tem pessoas que foram separadas justamente para nós evangelizarmos e leva-las a conhecer o Senhor Jesus e serem salvas. Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  4. Hola Sr Obispo
    Cuando Dios nos llamo, con certeza lo hizo para darnos una misión que es salvar todas las almas posibles y rescatarlas de las garras del diablo, pero "las circunstancias" del día a día permiten que muchos obreros se enfríen y se acomoden en la Fe dejando de lado las responsabilidades como ganadores de almas y llevarlas a la salvación. El secreto para no permitir que acontezca con cada uno de nosotros es el ejercicio y la practica de la palabra de Dios, ayuno y constante oración para no darle lugar al diablo entrar en nuestra mente.
    Luciana Amodey - Bs As - Argentina

    ResponderExcluir
  5. Muito forte essa mensagem,a cada um de nós foi confiado uma missão,uma responsabilidade e não podemos deixar de fazer-la somente porque fulano e fulano também podem fazer,devemos ser os primeiro a fazer,devemos ser obreiros(as)exemplares,e jamais podemos fazer a obra de Deus relaxadamente pois quem a faz assim maldito é.

    Ana Paula Nogueira

    ResponderExcluir
  6. isso é muito forte nunca devemos pensar que os outros vai fazer pela gente temos que fazer aquilo que tem que ser feito, por que se não fizemos não estaremos sendo diferente e sim igual a todo muito. pois tudo nessa vida passa menos os nossos atos este estão todos registrados,
    Deus abençoe

    ResponderExcluir
  7. É verdade bispo.
    Temos que tomar cuidado com isso, principalmente no meio dos obreiros.
    Pois imagine se cada um de nós começasse a pensar dessa forma, nós não seriamos membros do corpo de Cristo, pelo contrário, cada um seria um corpo estranho e não haveria salvação!
    Cada um tem sua parte na Obra de Deus, mas o Espírito é o mesmo!

    Thalita Bandeira

    ResponderExcluir
  8. olá bispo gostei muito do que o Senhor disse,essa postagem serve para nós nos analisarmos diante de DEUS,e pensar antes mesmo de falar ou pensar algo que vai desagradar a Deus.

    ResponderExcluir
  9. Fernanda Silva Ceará7 de junho de 2013 17:52

    É isso que acontece, muitas pessoas acham que sua parte não fará falta no meio da multidão, mas temos que pensar de outra maneira: Que Deus está contando conosco nessa Obra maravilhosa.

    ResponderExcluir
  10. Fernanda Silva Ceará7 de junho de 2013 18:03

    é isso que acontece, muitas pessoas acham que sua parte não fará falta no meio da multidão, mas temos que pensar de outra maneira: Que Deus conta conosco nessa Obra Maravilhosa.

    ResponderExcluir
  11. Muito forte se cada um fazer sua parte para o ganho na obra de Deus
    iamagine de cada um tivesse um pensamento egoista desse temos, temos que ser obediente,e servir.

    ResponderExcluir
  12. Essa reflexão é muito forte,nos leva a fazer uma auto análise de como estamos na presença de Deus e como estamos fazendo a sua obra,se ao invés de darmos o sangue colocando toda força para ganhar almas,não estamos dando água fazendo de qualquer jeito.

    ResponderExcluir
  13. É...!
    Atitudes típicas daqueles que fogem da responsabilidade! E a jogam nos ombros dos outros!
    Eh fácil criticar e maldizer o comportamento alheio, mas se em vez disso fizéssemos s nossa parte, ainda que o outro não faca, com certeza mudaremos a conjuntura em nossa volta!
    Furtar-nos de nossos deveres é egoísmo e inconseqüência!

    ResponderExcluir
  14. Boa noite!
    Nao podemos viver pelas outras pessoas,nem esperar q as pessoas façao o q e para cada um fazer,temos q fazer a diferença em tudo fazer nossa parte.

    ResponderExcluir
  15. Realmente não podemos esperar pelos outros, temos que fazer a nossa parte e agradar a Deus, quando tomamos atitude de resolver ou fazer algo estamos sendo diferente, fazendo a diferença, principalmente com relação na obra de Deus.

    ResponderExcluir
  16. É VERDADE NÃO DEVEMOS TER ESSE PENSAMENTO. TENHO QUE FAZER MINHA PARTE SEMPRE , E SEMPRE O MELHOR... Graziela Rodrigues

    ResponderExcluir
  17. Muito forte, cada um de nós devemos fazer a nossa parte, independente se o outro fez ou não ... se todos pensassem assim muitas coisas seriam bem diferentes.

    ResponderExcluir

ShareThis