24 de fevereiro de 2013

9º ARTIGO - OBREIRAS EM FOCO


9 – Vida Intima


Um tempo atrás chegou ao nosso conhecimento que uma obreira não queria ter intimidade com frequência com seu esposo, pois achava que era pecado, uma coisa carnal.



Então no entendimento dela, achava que só de vez em quando, para não desagradar a Deus, mas pense comigo se fosse errado não poderia nunca não é mesmo?
A relação sexual dentro do casamento é totalmente pura, o que Deus não aprova é o sexo antes do casamento.

Então vocês não devem negligenciar essa parte da sua vida, pelo contrario devem cuidar, dar o melhor para que o diabo não venha tentar seu marido e ele venha cair por não ter o que lhe é devido em casa.

A palavra de Deus também deixa registrado sobre este assunto, leia com atenção:
O marido pague à mulher o que lhe é devido, e do mesmo modo a mulher ao marido. A mulher não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim o marido; e também da mesma sorte o marido não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim a mulher. Não vos negueis um ao outro, senão de comum acordo por algum tempo, a fim de vos aplicardes à oração e depois vos ajuntardes outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência.”   1 Coríntios 7:1-5
Espero ter ajudado a todas que por algum motivo pensava dessa  maneira e que estava pondo em risco o seu casamento, ainda que sem má intenção.


Seja uma mulher sábia e não dê brecha para o diabo atuar no seu casamento.

São coisas que acontecem e trazem problemas desnecessários por falta de conhecimento, quando você tem duvidas sobre algum assunto deve perguntar.

Tarefa: Se você tem perguntas sobre algum assunto relacionado com o seu casamento, procure o seu pastor ou a esposa para conversar, eles poderão orientá-la.
Tânia Rubim - Blog

2 comentários:

  1. Helen Cristina/ Boa Vista -Roraima27 de fevereiro de 2013 14:38

    Boa tarde!
    Bispo Sergio Correia,

    Muito interessante o que fala nesse artigo para as obreiras casadas, sou solteira e a cada dia quero aprender mais e mais para que quando case não venha cometer os mesmos erros.

    ResponderExcluir
  2. muito interesante esse artigo para obreiras casada sou casada e precizava dessa orientaçao me ajudou muito

    ResponderExcluir

ShareThis